Artigos E Cases

28/09/2018

A Trumpf na era da transformação digital



Mathias Kammüller (*)



A transformação digital tem ocupado a Trumpf há algum tempo. Desde julho de 2017, no entanto, decidimos tomar a frente e impulsionar a transformação digital. Estamos mais concentrados do que nunca, trabalhando com vigor renovado. E já avançamos. Reorganizamos o Conselho de Administração no ano passado e eu assumi o cargo de Chief Digital Officer, ou Diretor Digital.

Estamos comprometidos com a transformação digital em todos os aspectos. Nossas soluções digitais ajudarão nossos clientes a prosperar mais do que nunca. A transformação digital também significa que nossa força de trabalho aumentará seus conjuntos de habilidades e ganhará experiência. Essa mudança de paradigma é boa para a Trumpf como um todo, pois nos ajudará a escrever muitos capítulos adicionais em nossa história de sucesso.

Nessa trajetória rumo à transformação digital, já obtivemos alguns marcos importantes.  Abrimos uma fábrica inteligente em Chicago no ano passado, uma planta totalmente conectada e digitalizada. Basicamente, transportamos inúmeros bits e bytes para o Rust Belt, o "Cinturão de Ferrugem", como é chamada a maior região de manufatura dos Estados Unidos. Mais de mil clientes já visitaram a nossa fábrica inteligente de Chicago. Eles testemunharam em primeira mão como estamos digitalizando e modernizando o processamento de chapas metálicas. A parte central da tecnologia implementada em Chicago é um sistema de controle de produção Trumpf que possibilita o processamento de dados em tempo real. Isso simplifica praticamente tudo, incluindo consultas iniciais de clientes, a produção em si e emissão de faturas.

Nosso sistema de controle de produção torna a fabricação mais confiável e mais eficiente, e pode ser acompanhada pelo pessoal da fábrica em tempo real, ou seja, eles sempre têm a imagem precisa da produção. E isso não é tudo. Na nossa fábrica inteligente nos Estados Unidos também existem sistemas de transporte autônomos, soluções de controle via smartphones e manutenção remota auxiliada por óculos inteligentes. Esta planta nos permite mostrar tudo o que a digitalização possibilita nas instalações de produção e, acima de tudo, como tudo está interconectado.

Transformar uma área verde em Chicago em nossa fábrica de alta tecnologia comunica claramente nossa visão como empresa. Porém, não vamos parar por aí. No momento, estamos transformando todas as fábricas da Trumpf pelo mundo em instalações conectadas e velozes.

Muitas das nossas instalações de produção, em todo o mundo, por exemplo, não são apenas digitais. Os smartphones tornaram a produção móvel uma realidade e nós usamos essa tecnologia em nossas próprias fábricas. Mas a Trumpf também oferece essa inovação aos clientes. Por exemplo, nossa planta em Gerlingen, na Alemanha, que fabrica ferramentas para puncionadeiras, envia todas as informações importantes sobre o status das máquinas para operadores através dos seus smartphones. E qual é a nossa mais recente inovação em Gerlingen? Nossos clientes precisam apenas tirar uma foto do código de barras de uma peça e enviá-la para nós. A equipe de produção pode começar a fazer a peça imediatamente. De fato, se recebermos a foto às duas da tarde, não fabricaremos apenas a ferramenta imediatamente, como embalaremos e enviaremos no mesmo dia.

A poucos quarteirões de distância está a nossa fábrica para processamento de chapas metálicas. Os funcionários de lá também usam smartphones, e isso permite que eles mantenham um olho nos principais dados de produção o tempo todo. E eles podem ver facilmente qual estação lidará com o próximo trabalho. As soluções de digitalização que colocamos em prática tornam os processos de fabricação mais transparentes. Por sua vez, melhoramos a eficiência e reduzimos nossos custos. Como resultado, precisamos de uma máquina a menos em nossa fábrica de processamento de chapas metálicas.

Nesse momento, mais de 500 funcionários em toda a empresa estão trabalhando em mais de 30 projetos de transformação digital. Recentemente, contratamos mais engenheiros de software do que especialistas em hardware. Mais de 20 estudantes de TI e aprendizes começarão os programas na Trumpf em Ditzingen. Isso é cerca de duas vezes mais pessoas do que no ano passado. Eles estudarão tecnologia da informação, TI de negócios ou TI para integração de sistemas. Haverá uma ênfase consideravelmente maior nos tópicos de TI em todos os programas de aprendizes - um exemplo é o perfil ocupacional de um técnico de mecatrônica. Além disso, a Trumpf em Ditzingen empregará em breve seu primeiro instrutor para fabricação conectada.

Talvez esta seja realmente a maior transformação. Com certeza, as pessoas que usam tablets para controlar máquinas e outras inovações generalizadas constituem uma mudança de paradigma. Mas o surgimento de novas áreas de conhecimento da nossa força de trabalho e como os funcionários trabalham juntos representam a verdadeira transformação.

Todos os projetos da Indústria 4.0 na Trumpf, até o momento, indicam que alguns processos se aplicam tanto ao desenvolvimento quanto à fabricação. A colaboração interdisciplinar em equipes ágeis, formadas pelos funcionários, é cada vez mais importante. A fusão entre TI e tecnologia de produção desempenhará um papel cada dia mais importante. Especialistas experientes em TI, assim como em tecnologia de rede e sem fio, estão em demanda maior do que nunca. A crescente conectividade de todas as etapas do processo no âmbito da Indústria 4.0 também significa que as habilidades emocionais continuarão ganhando importância, em todos os tipos de ocupação. Habilidades sociais incluem auto-organização, flexibilidade, aprendizado pessoal, disposição e capacidade de aprender, pensamento inovador e habilidades de comunicação.

Por mais importantes que sejam as mudanças internas na Trumpf, nossos clientes também são notavelmente importantes. Eles podem se beneficiar das experiências da nossa fábrica inteligente, pois eles também precisam descobrir como podem transformar seus processos de fabricação para maior customização e flexibilidade. Para eles, desenvolvemos nossos pacotes TruConnect, com diferentes possibilidades. Oferecemos soluções enxutas para pequenas e médias empresas que estão dando seus primeiros passos em direção à digitação, por exemplo. Mas também ajudamos em projetos de grande escala com o nosso TruConnect.Independente do tamanho da empresa, se ela quiser mudar de patamar e caminhar para a transformação digital, oTruConnect pode ser o principal aliado. 

(*) O autor é CDO-Chief Digital Officer, da Trumpf GmbH + Co. KG, Ditzingen, Alemanha.

Comente essa notícia